“Não sentimos o cenário seguro para o retorno semipresencial”, DME de Jacobina

A DME – Dirigente Municipal de Jacobina, Alessandra Cruz, destacou na tarde desta terça-feira (20), ao participar de uma Live dialogacional entre a Undime e Uncme tratando de um Decreto Estadual tratando do retorno semipresencial.

“Nos fomos pegos de surpresa, pois em nenhum momento os municípios foram ouvidos sobre essa possibilidade de retorno, ainda que semipresencial. Temos que realizar nossos protocolos e ainda não temos a condição de voltar a estas atividades”, destaca a professora Alessandra.

“A nossa reunião coma Undime ontem foi fundamental para nos acalmar e neste encontro de hoje, estamos conseguimos ficar mais tranquilos, pois o impacto desta decisão tem tirado o sono de todos nós”, acrescenta.

O governo da Bahia liberou, em decreto publicado deste domingo (18), a realização de aulas semipresenciais em 19 municípios baianos. Elas são permitidas desde que a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) fique, por ao menos cinco dias seguidos, igual ou menor que 75%. 

O decreto vale tanto para escolas da rede pública, quanto particulares. Os estabelecimentos têm que cumprir a ocupação máxima de 50% da capacidade de cada sala de aula e os protocolos sanitários contra o coronavírus. Até o dia 26 de abril, as aulas são permitidas apenas de maneira remota nas outras cidades.

Deixe um comentário

Facebook
YouTube
Instagram