Undime participa de audiência pública da Comissão de Educação do Senado

A Undime participou, na manhã desta segunda-feira (29), da audiência pública da Comissão de Educação Senado para debater acerca do tema “As redes de educação básica: prioridades e demandas no novo Plano Nacional de Educação (PNE)”.

A audiência pública faz parte de um ciclo de debates para discutir estratégias e diretrizes que devem nortear a elaboração do novo PNE (2024-2034) e atende a requerimento do presidente da Comissão, Flávio Arns (PSB-PR). O Senador frisou que o objetivo é debater o Plano que foi aprovado em 2014 e que estará vigente até 2024. “O intuito é olharmos o que está acontecendo, refletirmos, discutirmos e pensarmos sobre o novo PNE, para auxiliar a todos e todas na análise das metas e estratégias para assim podemos contribuir com o futuro da educação em nosso país”, explicou.

Entre os convidados ao debate estavam o vice-presidente da Undime Pernambuco, Natanael José da Silva, Dirigente Municipal de Educação de Belém de Maria/ PE; o secretário de Estado da Educação da Paraíba, representando o Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed),  Antonio Roberto Souza; Darli Zunizo, representante da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme); e Alexsander Moreira, Diretor de Apoio à Gestão Educacional da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC).

Os debatedores reforçaram a necessidade de se ter planos estaduais e municpais de educação que sejam factíveis e realistas. Natanael destacou a importância do Senado em pautar o tema e realizar audiências como essas. “Esse movimento representa um espaço democrático legítimo para ouvir a comunidade. E que os municípios e estados também o façam para revisitar as metas que foram pactuadas no PNE  a favor da construção de uma educação de qualidade e que o Plano reflita o desejo da sociedade brasileira”, disse.

Em sua apresentação, o representante da Undime reforçou os desafios do Plano Nacional de Educação no âmbito da Educação Básica, Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e profissionalizante, Educação de Jovens e Adultos, Valorização dos profissionais da educação e no que diz respeito ao Financiamento da Educação.

Natanael cobrou ainda do Congresso Nacional a articulação para a aprovação do Sistema Nacional de Educação (SNE), que está previsto no PNE 2014-2024. “É preciso articular o SNE, em regime de colaboração, assim como definir diretrizes, objetivos, metas e estratégias de implementação do próximo plano que ficará vigente até 2024. A discussão não se esgota aqui e que nós tenhamos mais oportunidades de aprimorar este debate. É preciso, ainda, fazer um esforço para que os entes subnacionais também comecem a refletir seus planos. Além disso, que possamos contar com a garantia de financiamento, que é tão importante, para a melhoria da educação brasileira”, completou.

Fonte: Undime

Foto: Reprodução Youtube

Deixe um comentário

Facebook
YouTube
Instagram