“A Educação do Campo exige de nós a militância por um mundo melhor”, Arlete Ramos

A Professora Arlete Ramos dos Santos, Coordenadora do FORMACAMPO e do Grupo de estudos e Pesquisas Movimentos Sociais, Diversidade e Educação do Campo e Cidade (GEPEMDECC/PPGED/UESB), se emocionou na tarde desta quarta-feira (19) na Live de lançamento do Programa de Formação de Professores do Campo (FORMACAMPO).

“A Educação do Campo mão é pensar tão somente numa propositura, mas sobretudo, a militância daqueles que estão envolvidos nesse processo, na perspectiva de uma sociedade melhor, de transformação da realizadade”, destaca.

Ela ainda acrescenta que “trabalhando a realidade é possível ter um conhecimento de mundo e esse desafio de transformar a nossa realidade nos motiva e nos permite seguir militando nessa vivência”.

Deixe um comentário

Facebook
YouTube
Instagram