Ferramenta de diagnóstico no sistema PDDE Interativo está disponível para todas as escolas públicas de educação básica

A ferramenta de diagnóstico do PDDE Interativo está disponível para todas as escolas públicas de educação básica do País no período de 27 de abril a 31 de maio de 2022. A informação é da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação.

A ferramenta apresenta informações e perguntas-chave que auxiliam as equipes escolares a refletir acerca de próprias realidades, identificar desafios e delinear estratégias que contribuam efetivamente para o aprimoramento do processo educativo. De acordo com o MEC, as perguntas estão organizadas em três eixos:

Eixo 1: Dimensões 1 e 2, relativas aos resultados dos estudantes e da escola.
Eixo 2: Dimensões 3 e 4, com os temas que podem sofrer intervenção direta da escola.
Eixo 3: Dimensões 5 e 6, temas que podem sofrer intervenção parcial ou indireta da escola.

Os conteúdos e as questões presentes na ferramenta relacionados aos temas dos eixos têm por objetivo auxiliar as equipes escolares no processo de análise dos contextos locais. A partir desse exercício, a proposta é identificar as potencialidades e fragilidades presentes em cada realidade e, por consequência, elaborar planejamentos consistentes, adequados às reais necessidades de cada unidade escolar, com direcionamento preciso para a superação das dificuldades observadas.

“O diagnóstico do PDDE Interativo é um instrumento privilegiado de tomada de decisão. Ele também é requisito essencial para a concretização dos repasses federais em 2022”, declara o secretário de Educação Básica do MEC, Mauro Rabelo, em ofício enviado à Undime.

As equipes gestoras devem entrar no sistema PDDE Interativo, acessar o módulo “Gestão Escolar”, preencher o “Diagnóstico” e atualizar os “Dados de Unidades”, para validar as informações cadastrais da unidade, cadastrar os membros do “Conselho Escolar” e constituir o “Grupo de Trabalho”. Segundo o MEC, em breve, no site do PDDE Interativo estará disponível um manual com mais informações sobre a ferramenta de diagnóstico.

Fonte: Undime com informações do MEC

Deixe um comentário

Facebook
YouTube
Instagram