Bacia do Paramirim mobilizada no Programa de (Re)elaboração dos Referenciais Curriculares

O Programa de (Re)elaboração dos Referenciais Curriculares nos Municípios Baianos, vem protagonizando ao longo dos últimos seis meses uma ação de política pública que marcou a história da educação baiana.

Nesse sentido, é com grande alegria que nos dirigimos ao Território de Identidade da Bacia do Paramirim – Núcleo Formativo nº 12 para agradecer a parceria que temos estabelecido dentro do Programa da Unidme-BA.

Para Renilton da Silva Sandes, Formador Undime no Território, o momento é de parabenizar. “Queria agradecer todo esforço que o conjunto dos oito municípios – Boquira, Botuporã, Caturama, Érico Cardoso, Ibipitanga, Macaúbas, Paramirim e Rio do Pires – através dos autores e atores curriculantes inseridos na CMG: Comissão Municipal de Governança e nos GEAs: Grupos de Estudo e Aprendizagem de cada Rede Municipal de Educação, tem cultivado neste Movimento Curriculante”.

“No dia 22 de Setembro de 2020, foi definida a realização do último Encontro Formacional sobre o processo de (Re)elaboração do Referencial Curricular Municipal à luz dos estudos do DCRB: Documento Curricular Referencial da Bahia e das Lives Formativas”, acrescenta Renilton.

Ele ainda lembra que “o Programa ganhou nesse Território de Identidade uma especificidade local, ficando intitulado — Memórias em Movimento: O Currículo Vivo no Território de Identidade da Bacia do Paramirim – onde a pauta formacional esteve alicerçada na abordagem das orientações quanto a finalização das etapas e sua relação com a gestão do tempo para a relização da Consulta Pública e Homologação do Documento, bem como, um momento dedicado a Prosa e Verso de Currículo: Pintando os Cenários do Referencial Curricular na Bacia do Paramirim – onde cada município puxou um fio dos nexos estruturantes na socialização da produção de suas singularidades idiossincráticas referente ao Documento Curricular Referencial Municipal”.

Deixe uma resposta

Facebook
YouTube
Instagram