Home / Notícia / SAEB
CONFIRA AS INFORMAçõES SOBRE A APLICAçãO DA ANRESC/PROVA BRASIL PARA O ANO DE 2017
Publicação: 21/09/2017

As avaliações do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), promovidas pelo Ministério da Educação, por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP/MEC) estarão, na Bahia, neste ano de 2017, sob a responsabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Conforme organização estrutural das avaliações do SAEB, nos anos ímpares são aplicadas as avaliações de Língua Portuguesa e Matemática da Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (ANRESC), popularmente conhecida como Prova Brasil, que contribui para a construção do IDEB da escola.

Essas avaliações deverão acontecer em todas as escolas da zona rural e urbana que possuem turmas regulares com mais de 10 estudantes matriculados na 4ª série/5º ano do Ensino Fundamental, 8ª série/9º ano do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio e 4ª série da Educação Profissional.

Não participam desta avaliação as turmas multisseriadas, EJA e as turmas de regularização de fluxo.

As provas serão realizadas em um único dia, no período de 23 de outubro a 3 de novembro, conforme agendamento prévio feito pela empresa responsável pela aplicação.

O objetivo da Prova Brasil não é reprovar ou aprovar o aluno, mas obter um diagnóstico sobre o que os estudantes aprenderam em Língua Portuguesa e Matemática, durante os anos de estudo. É muito importante a participação de todos os professores no trabalho de sensibilização junto aos estudantes, para que eles façam a prova de forma mais consciente e responsável.

O tempo para a realização das provas é de duas horas e 30 minutos.

Visando garantir o êxito do processo avaliativo, algumas ações e procedimentos estabelecidos de pelo MEC/INEP deverão ser executados nas unidades escolares, com uniformidade, para que todos os estudantes tenham os mesmos direitos de participação:

  1. divulgar, na escola, o período de aplicação, duração da prova e importância dela para a comunidade escolar;
  2. evitar o desenvolvimento de atividades que concorram com a aplicação da Prova Brasil e comprometam a sua aplicação;
  3. garantir a participação de, no mínimo, 80% dos estudantes durante as provas (condição para ter os resultados divulgados);
  4. ajustar o horário do intervalo dos estudantes para antes ou depois da prova;
  5. assegurar espaço separado para os estudantes que necessitam de atendimento especializado, se houver essa necessidade na escola;
  6. assegurar a presença, na  sala de aula, do(a) professor(a) da série a ser avaliada, para garantir a disciplina da turma e o cumprimento do horário da prova. O professor deverá assinar o Termo de Sigilo, Compromisso e Confiabilidade e responder o Questionário Contextual;
  7. proibir o registro de imagem e som (filmagem, gravação, fotografia) dos estudantes realizando as provas, dos instrumentos avaliativos e dos espaços durante o processo avaliativo na escola.

É muito importante o conhecimento, o envolvimento e a participação de todos sobre nesse processo avaliativo.