Home / Notícia / Fórum da Undime Bahia
QUALIDADE NA EDUCAçãO é FOCO DE DEBATE DURANTE 17º FóRUM NACIONAL EM COSTA DO SAUíPE
Publicação: 14/08/2019

É inegável que é preciso buscar cada vez mais qualidade quando o assunto é educação. E pensando nisso, a Undime inseriu na programação do 17º Fórum Nacional a mesa-redonda “Políticas e programas do governo federal para garantir a qualidade da educação”. A maior parte dos participantes concorda que é necessária a existência de políticas públicas bem estruturadas e programas governamentais que objetivem o aprimoramento do ensino oferecido nas escolas.

Alzira Rocha, Dirigente Municipal de Taboleiro Grande (RN), estava na plateia durante a palestra e ficou satisfeita com o debate proposto. Para ela, falar sobre a qualidade na educação é primordial. “Qualidade do ensino, na minha opinião, é o anseio da educação nos dias de hoje. E quando eu falo em qualidade de ensino, estou me referindo à acessibilidade, a aprendizagem significativa e às políticas públicas dos municípios e da União”.

Em contraponto à cobrança feita pelos educadores, o governo federal destaca que as escolas têm de fazer a sua parte: apenas sete das 27 unidades da federação mantêm dados atualizados. Além disso, 30% das escolas do país ainda não fizeram o georreferenciamento. Carlos Moreno, diretor de estatísticas educacionais do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), afirmou que o objetivo é mudar essa realidade. Ele anunciou para o fim do mês o lançamento de um catálogo das escolas brasileiras. “O catálogo nada mais é, do que um serviço que será oferecido à população do censo escolar. Nele vão aparecer informações do endereçamento da escola e georreferenciamento. É um serviço para população, mas também para o gestor”, disse.
  
A mesa-redonda também contou com presença do presidente do Inep, Alexandre Lopes, que reforçou a relevância de os dirigentes municipais colocarem em prática o conhecimento adquirido no Fórum. “Nossa vontade é que os participantes levem informações para suas escolas e nos ajudem a realizar a prova do Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica), que é muito importante para podermos ter uma educação segura, precisa e qualificada”, afirmou.

Fonte: Undime | Foto:Yag Lázaro - Undime Bahia